Title
Home Search Imagebank On-line submission
The Journal All Editions To the authors Contacts
941 
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May - (66º)
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-006
Print:
Seção: 11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
Texto Text in English
ANÁLISE DA EXPRESSÃO FACIAL DE UM PACIENTE COM SEQUÊNCIA DE MÖBIUS
ANALYSIS OF FACIAL EXPRESSION OF A PATIENT WITH MÖBIUS SYNDROME
Author(s):
Zelita Caldeira Ferreira Guedes, Renata Ramalho da Silva
Resumo:

Análise da expressão facial de um paciente com Sequência de Möbius Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi verificar as manifestações musculares de pacientes com e sem a Sequência de Möbius em diferentes manifestações de expressão. Relato de caso: Duas crianças do sexo feminino, com idade de 11 anos, sendo uma delas portadora da SM e outra sem SM foram submetidas a fotos na situação de repouso, sorriso, susto e sisudez. As crianças foram posicionadas sentadas em uma cadeira em uma distancia de 1 metro de um tripé com altura de 30cm. As fotos foram impressas em papel milimetrado por meio da qual se fez a comparação das expressões e dos efeitos musculares causados. Tanto na situação de sorriso, sisudez e susto a criança com SM apresentou uma diminuição acentuada dos movimentos previstos para as ações. Conclusão: Pode-se concluir que a criança sem SM tem a capacidade de expressar as diferentes emoções de forma diferenciada e objetiva, enquanto que a criança com SM teve pouca expressividade e ainda com movimentação compensatória, como forma de suprir suas dificuldades. Isto demonstra que o paciente com SM é capaz de diferenciar as expressões faciais entre si, embora com modificações musculares milimétricas.

Abstract:

Analysis of facial expression of a patient with Möbius syndrome OBJECTIVE: The objective of this research was to assess the muscular manifestations of patients with and without the Möbius syndrome in different manifestations of expression. CASE REPORT: Two female children, 11 years old, one of which carries the SM and the other without SM underwent photos at rest, smile, fear and seriousness. The children were seated in a chair positioned at a distance of 1 meter tripod with a height of 30 cm. The photos were printed on graph paper by means of which the comparison was made of the expressions and the effects caused muscle. Both the situation of a smile, seriousness and scare children with MS showed a marked decrease of movements planned for the actions. CONCLUSION: It can be concluded that the children without MS has the ability to express different emotions in different ways and objective, whereas the child with SM had little expressiveness and with compensatory movement as a way to overcome their difficulties. This demonstrates that patients with MS are able to differentiate from each other facial expressions, but with modifications muscle millimeter.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2014